DIRIGIDO POR FELIPE HIRSCH, ‘SEVERINA’ GANHA PRIMEIRA EXIBIÇÃO NO BRASIL NO FESTIVAL DO RIO

Fotos em alta resolução: www.factoriacomunicacao.com

Produzido por Rodrigo Teixeira (RT Features), ‘Severina’, segundo longa-metragem dirigido por Felipe Hirsch, terá a sua primeira exibição no Brasil, no Festival do Rio, no dia 8 de outubro, às 16h, no Cinépolis Lagoon, na mostra Première Latina. Também assinado por Hirsch, o roteiro do longa foi baseado no original do escritor guatemalteco Rodrigo Rey Rosa e começou a ser produzido durante a criação de ‘Puzzle’, projeto teatral realizado especialmente para a Feira de Livro de Frankfurt (Alemanha), em 2013. Totalmente rodado no Uruguai, o filme tem no elenco os atores Javier Drolas, Carla Quevedo, Alejandro Awada, Alfredo Castro e Daniel Hendler, e teve sua première mundial no festival de Locarno, na Suiça, em agosto.

‘O projeto me fez mergulhar no oceano de​ ​autores​ ​do continente onde vivo, e me envolver com eles, escrever com eles, e trabalhar com artistas de diversas áreas de toda a América Latina. E​ ​desse modo Severina foi feito: ​​entre uruguaios, argentinos, brasileiros, chilenos, guatemaltecos e, também, portugueses’, conta o diretor.

Sobre o filme:

A vida de um livreiro, melancólico e aspirante a escritor, é abalada pelas aparições e desaparições de sua nova musa que rouba na sua livraria. Logo, ele descobre que ela rouba nas livrarias de outros livreiros também. Então, ele começa a viver um delírio amoroso, na fronteira entre a ficção e a realidade. No entanto, quanto mais se aproxima dela, mais indescritível ela se torna:  Por que ela rouba e quais são seus valores? Quem é o homem mais velho com quem ela mora?  O que é verdadeiro ou apócrifo nessa história? E, além disso, ele enfim conseguirá ocupar um lugar na vida dela, ao mesmo tempo em que se afasta de sua própria vida?Seleção Oficial do Festival de Locarno 2017.

Sobre Felipe Hirsch:

Diretor de cinema e teatro, Felipe Hirsch é um dos fundadores da Ultralíricos, companhia na qual desenvolve experimentações cênicas que já lhe redederam diversos prêmios. Foi eleito pelo jornal O Globo como um dos pensadores mais influentes do Brasil. Em 2008, foi vencedor do Grammy pela direção do show “Homenagem a Tom Jobim”. Seu primeiro filme, “Insolação”, teve sua estreia no Festival de Veneza. Em 2013, Felipe lançou “A Menina Sem Qualidades”, minissérie criada para a MTV, vencedora de diversos prêmios. No mesmo ano, anunciou a tetralogia Puzzle especialmente criada para a participação brasileira como Convidado de Honra da Frankfurter Buchmesse. Em 2016, Felipe Hirsch estende o trabalho para a América Latina e estreia A Tragédia e a Comédia Latino-Americanas, além de filmar Severina, seu segundo longa-metragem, com artistas de toda a América Latina.

Ficha Técnica:

SEVERINA (Brasil / Uruguai, 103 minutos).

Direção e Roteiro: Felipe Hirsch

Produzido por Rodrigo Teixeira (RT Features)
Coprodução: Diego Robino (Oriental Features)
Produção Executiva: Raphael Mesquita, Ana Kormanski, Daniel Pech e Santiago López Rodríguez
Direção de Fotografia: Rui Poças
Baseado na obra de Rodrigo Rey Rosa

Elenco: Javier Drolas, Carla Quevedo, Alejandro Awada, Alfredo Castro e Daniel Hendler

Exibições no Festival do Rio:

Domingo, 08/10, às 16h – Cinépolis Lagoon 6

Segunda, 9/10, às 16h – Reserva Cultural Niterói 4

Quinta, 12/10, às 13h45 – Kinoplex São Luiz 2

Sábado, 14/10, às 19h20 – Estação Net Ipanema 2

Informações para a Imprensa:

Factoria Comunicação
Vanessa Cardoso (vanessa@factoriacomunicacao.com)
Pedro Neves (pedro@factoriacomunicacao.com)
(21) 2249-1598 / 2259-0408