Não Devore Meu Coração!

Abre Edição Histórica do Festival de Brasília 2017

O longa-metragem de ficção “Não Devore Meu Coração!” acaba de divulgar sua participação em um dos mais tradicionais eventos audiovisuais do país, o Festival de Brasília. O longa será exibido na sessão de abertura, que acontece dia 15 de setembro deste ano, e contará com a presença do diretor Felipe Bragança. A distribuição é da Tucuman Filmes.

Depois de fazer sua estreia mundial no Festival de Sundance, na Première do Festival de Berlim e na sessão de encerramento, do Festival de Cinema de Cartagena – FICCI, na Colômbia, Não Devore Meu Coração!” longa com direção de Felipe Bragança e protagonizado pelo ator Cauã Reymond, será o longa-metragem de abertura do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro (15 a 24 de setembro de 2017) que chega a sua 50ª edição e confunde-se com a trajetória do cinema brasileiro contemporâneo, por se tratar do primeiro festival de cinema nacional.

O roteiro do longa, escrito por Felipe Bragança, foi inspirado em contos de Joca Reiners Terron e filmado na cidade de Bela Vista (MS), fronteira do Brasil com o Paraguai. O elenco conta com: Leopoldo PachecoNey Matogrosso, Cláudia Assunção e Zahy Guajajara. E, ainda um grupo de atores e não-atores locais encontrados depois de anos de pesquisa na região. “Não Devore Meu Coração!”, estreia nos cinemas brasileiros em 30 de novembro de 2017. A produção é da carioca DUAS MARIOLA FILMES, em parceria com a GLOBO FILMES, CANAL BRASIL, MUTUCA FILMES, REVOLVER AMSTERDAM (Holanda) e DAMNED FILMS (França). A distribuição no Brasil ficará a cargo da Tucuman Filmes!

SINOPSE

Joca, um menino brasileiro de 13 anos, e Basano La Tatuada, uma menina indígena paraguaia, vivem na fronteira entre os dois países. Joca está apaixonado por Basano e busca fazer de tudo para conquistar seu amor, mesmo que para isso ele tenha que enfrentar as violentas memórias da Guerra do Paraguai e os segredos de seu irmão mais velho, Fernando (Cauã Reymond), um misterioso agroboy envolvido com uma gangue de motociclistas da região. Inspirado em contos de Joca Reiners Terron.

NÃO DEVORE MEU CORAÇÃO!

Drama/Aventura

Duração: 108 min

Ano: 2017

Brasil/Holanda/França

Produção: Duas Mariola Filmes

Coprodução: Globo Filmes, Canal Brasil, Revolver Amsterdam, Damned Films, Mutuca Filmes

EQUIPE

Roteiro e Direção: Felipe Bragança

Produtores: Marina Meliande e Marcos Prado

Coprodutores: Cauã Reymond, Mario Canivello, Raymond van der Kaaij, Dijana Olcay-Hot e Yohann Cornu

Produtor Associado: Carlos Diegues

Produção Executiva: Eliane Ferreira e Marina Meliande

Direção de Fotografia: Glauco Firpo

Direção de Arte e Cenografia: Dina Salem Levy

Diretora de Produção: Chica Mendonça

Figurino: Ana Carolina Lopes

Maquiagem e Caracterização: Tati Chaves

Montagem: Jon Kadocsa

Montagem Adicional: Felipe Bragança

Som Direto: Marcos Lopes

Microfonista: Ivan Lemos

Desenho e Edição de Som: Daniel Turini e Fernando Henna

Trilha Sonora Original: Baris Akardere

Mixagem de Som: Ranko Paukovic

Produção de Finalização: Manuelle Rosa

ELENCO

Cauã Reymond – Fernando

Eduardo Macedo – Joca

Adeli Gonzales – Basano

Marco Lóris – Telecath

Zahy Guajajara – Lucía

Marcio Verón – Alberto

Claudia Assunção – Joana

Leopoldo Pacheco – César

Ney Matogrosso – Mago

SOBRE A TUCUMAN FILMES

A Fênix Filmes é uma distribuidora independente, com foco no melhor da produção cinematográfica da América Latina e Europa. Desde 2011, a distribuidora vem trazendo para o Brasil, longas-metragens considerados verdadeiros tesouros, ainda pouco explorados no mercado e que encantaram público e crítica nos maiores festivais internacionais do mundo. Dentre os recentes lançamentos do Catálogo Fênix, podemos destacar: “Uma Primavera com Minha Mãe”, “Juan e Evita – Uma História de Amor”, “Uma Estranha Amizade”, “Crônica do Fim Mundo”, “La Playa”, “7 Caixas”, “O Último Amor de Mr. Morgan”, “Um Amor em Paris”, “O Ciúme”, “Se Fazendo de Morto”, “Dólares de Areia”, “ A Juventude”, “De Amor e Trevas”, “Nahid: Amor e Liberdade”, “Sangue do Meu Sangue”, “Paterson”, “David Lynch – A Vida de Um Artista”, dentre muitos outros.

SOBRE A GLOBO FILMES

Desde 1998, a Globo Filmes já participou de mais de 200 filmes, levando ao público o que há de melhor no cinema brasileiro. Com a missão de contribuir para o fortalecimento da indústria audiovisual nacional, a filmografia contempla vários gêneros, como comédias, infantis, romances, dramas e aventuras, apostando na diversidade e em obras que valorizam a cultura brasileira. A Globo Filmes participou de alguns dos maiores sucessos de público e de crítica como, ‘Tropa de Elite 2′, ‘Minha Mãe é uma Peça 2′ – com mais de 9 milhões de espectadores -, ‘Se Eu Fosse Você 2′, ‘2 Filhos de Francisco’, ‘Aquarius’, ‘Que Horas Ela Volta?’, ‘O Palhaço’, ‘Getúlio’, ‘Carandiru’ e ‘Cidade de Deus’ – com quatro indicações ao Oscar. Suas atividades se baseiam em uma associação de excelência com produtores independentes e distribuidores nacionais e internacionais.